Números e Projeções

Ao longo dos anos, o Grupo Caramuru tem concentrado esforços para diversificar as operações, fortalecer a logística, explorar novos nichos de mercado e aperfeiçoar seus processos. Esses investimentos contribuíram para nossa consolidação como o principal grupo nacional no processamento de soja, milho, girassol e canola.

Hoje, possuímos 73 armazéns situados em Goiás, Mato Grosso e Paraná, com capacidade total de 2.424.800 toneladas. Nossa participação chega a 8% no processamento de óleo refinado, 12% na moagem de milho, 4,3% no processamento de soja em nível nacional e 25,1% no estado de Goiás.

Com crescimento anual médio de 20%, temos capacidade de processar 1.376.197 toneladas de soja e 267.637 toneladas de milho por ano.

Em 2014, vimos a Caramuru completar 50 anos. Uma empresa que começou com um moinho de fubá e uma máquina de arroz, na pequena Rua Caramuru, em Maringá, no Paraná.

O ano do seu cinquentenário reafirmou a força das atividades internas e externas, bem como o posicionamento da Caramuru no mercado. A empresa soube superar desafios e elaborar novas estratégias de gestão.

No âmbito do comércio interno, a empresa obteve crescimento nas vendas das linhas de óleos especiais, de produtos Sinhá e de farelo de soja. Mesmo com as adversidades no mercado internacional ao longo do ano, o Grupo Caramuru manteve a exportação de produtos não-trangênicos, cumprindo o já tradicional pagamento de bônus aos produtores rurais pelo fornecimento de soja convencional.

Para o futuro, a expectativa é muito positiva, principalmente devido à inauguração da Nova Unidade em Ipameri (GO) em 2015, com capacidade para processar 1.500 toneladas de grãos por dia.

 

Saiba mais sobre nossos resultados no Relatório de Sustentabilidade Caramuru 2014.

Diretrizes

Completando 50 anos em 2014, a Caramuru sonha com os próximos 50 e suas novas conquistas. A fim de permanecer como um Grupo Empresarial reconhecido por atender clientes e consumidores com produtos e serviços de qualidade, a organização busca manter seu histórico de rentabilidade e crescimento.

Com foco na visão 2018, investe na atualização contínua dos seus processos de gestão, na capacitação e no desenvolvimento da sua gente. Um planejamento que também inclui operar commodities diferenciadas, ter logística forte e atuar nacional e internacionalmente a partir de princípios de sustentabilidade.

Pensando no futuro próximo, as expectativas também são grandes. Os próximos anos prometem novidades para a Caramuru. Diante das atuais previsões para o mercado interno e externo, a empresa se prepara para atender à demanda com a qualidade e o compromisso de sempre.

A soja continuará a impulsionar positivamente o negócio, da mesma forma que seus derivados, como proteína concentrada, lecitina, farelo, óleos, destilados e melaço, presentes em toda a cadeia produtiva da empresa. Para isso, a parceria com produtores rurais, agricultores e clientes será cada vez mais fortalecida, bem como focada nas reconhecidas premissas de sucesso da Caramuru.

Projetos voltados à sustentabilidade, com benefícios sociais e econômicos, também serão ampliados. A cogeração de energia elétrica na Unidade Sorriso (MT), responsável por garantir 8,5 megawatts diários à fábrica, deverá alcançar unidades da empresa nos próximos anos.

O foco no planejamento para elevar resultados já expressivos será a principal diretriz para o cultivo de milho. O recorde de recebimento nos Armazéns Gerais de maior volume de produção e de exportação de fubá, obtido em 2014, se mostra como desafio superado e enfatiza a característica da Caramuru de ir além das metas com estratégias objetivas.